Pular para o conteúdo principal

Crer, Sentir e Fazer – O Estudo da Palavra que Transforma

Crer, Sentir e Fazer – O Estudo da Palavra que Transforma

Nós vivemos uma era de muita informação, mas de pouco conhecimento. Há diferença entre informação e conhecimento? Sim! A informação são opiniões, fatos e dados que não provocam mudanças, mas são importantes. Já o conhecimento seria um entendimento que se coloca acima de qualquer opinião que é capaz de provocar mudanças. Você é informado que existe a gripe, sabe como pegá-la e como evitá-la, mas o médico tem o conhecimento capaz de curá-lo da gripe.
Temos acesso à informação com o advento da internet. 43% da população mundial tem acesso à informação através desse recurso.
De cara, quero chamar você à reflexão e lhe perguntar: A sua relação com a Palavra de Deus é de alguém que está informado sobre ela conhecendo suas histórias e livros ou de alguém que a conhece a ponto de ser transformado.
O sermão desta manhã tem como base o livro LEVANDO DEUS A SÉRIO de Kevin DeYoung que faz uma reflexão sobre o Salmo 119.
O Salmo 119 é um acróstico é uma exaltação à Palavra de Deus. É o mais longo da Bíblia contendo 176 versículos, divido em 22 estrofes subdividas em 8 versos cada iniciados com letras do alfabeto hebraico. É um poema que coloca a Palavra de Deus como a fonte do verdadeiro conhecimento.
Por que devemos estudar a Palavra de Deus? Você já perguntou a si mesmo sobre onde encontrar o verdadeiro conhecimento? O que é verdadeiro sobre você? O que é verdadeiro sobre as pessoas? O que é verdadeiro sobre o seu futuro? O que é verdadeiro sobre o seu passado? O que é verdadeiro sobre uma vida boa? O que é verdadeiro sobre o seu casamento? O que é verdadeiro sobre Deus?  Então você precisa mudar sua maneira de ver a Bíblia e sobre a forma de estuda-la, porque você precisa ir até a Palavra de Deus. Ela ensina só que é verdadeiro sobre esses e muitos outros assuntos da vida. Ela é a vontade de Deus revelada! No Salmo 119 encontraremos o desejo de buscarmos o verdadeiro conhecimento da Palavra de Deus.

      1.Creia na Palavra de Deus (v.142)
a.A Palavra de Deus diz o que é verdadeiro. Não podemos confiar em tudo o que lemos e ouvimos hoje em dia. Não podemos confiar em todas as informações que nos são passadas. Existe uma profunda desconfiança na sociedade atualmente. No que se apoiar? No que crer? O salmista afirma “confio na tua Palavra” (v.42). Por quê podemos crer na Palavra de Deus como direção para as nossas vidas? Por que posso crer na Palavra de Deus como direção para tomar uma decisão, para orientar meu casamento, para orientar meu futuro, dar o próximo passo? Por quê?
I.A Palavra de Deus está firmada no céu. (v.89) Isto significa que ela está acima de todos e não muda. Ela está acima do meu conhecimento humano, das ciências humanas, das verdades dos filósofos. As ciências mudam, as verdades ficam obsoletas, mas a Palavra não muda. “Céus e terra passarão, mas as minhas palavras não passará” (Mateus 24:35), disse Jesus. Confie na Palavra de Deus.
II.Ela é perfeita ilimitadamente (v.96) A palavra dos homens e das ciências não são exatas, mas a Palavra de Deus é livre de corrupção. Deus não negocia a verdade. Confie na Palavra de Deus.
III.Ela é justa e dura para sempre (v.160) A palavra de Deus não envelhece, é sempre atual. Ela nunca se desgasta. Livros passam, mas ela tem permanecido por gerações. Confie na Palavra de Deus.
b.A palavra de Deus fornece o que é bom. Irmãos e irmãs, vejo tanta gente infeliz e desgastada na vida dentro da igreja mesmo e sem orientação. Tanta gente correndo para livros de auto-ajuda, buscando respostas em homens e profetas. O convite de Deus hoje é para que você se aproxime da Palavra para ter sua vida transformada de verdade. Sabe por que? I) A palavra de Deus é o caminho da felicidade (v.1-2); II) É o caminho para evitar a vergonha (v.6); III) É o caminho da verdadeira segurança (v.9); IV) É o caminho do bom conselho (v.24); V) É o caminho da fonte de força real (v.28); VI) É o caminho da verdadeira esperança (v.43). VII) Ela é o caminho da verdadeira sabedoria (98-100).

      2. Sinta e deseje a Palavra de Deus (v.97)
Muita gente pensa que apenas deve crer na Palavra, mas ela precisa ser amada para ter efeito em nossas vidas. Ao conviver com pessoas somos transformados. A experiência dos relacionamentos nos muda. Assim também aos nos aproximarmos das Escrituras com um coração submisso buscando o verdadeiro conhecimento somos transformados e não apenas informados. Ela é a verdade. Portanto, é a afeição pela Palavra e o desejo pelo verdadeiro conhecimento que nos transforma. Existem 6 palavras no grego para conhecer, mas quero destacar duas delas. Existe o termo ginosko que é conhecer pela experiência e eido tem o sentido de conhecer intelectualmente, por meio da observação; conhecimento objetivo e impessoal. Essa palavra ginosko no novo testamento é usada quando um homem conhece uma mulher na intimidade, isto é, uma um conhecimento fruto de uma experiência íntima e pessoal. Quando Jesus diz: “E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” ele usa o termo é ginosko para o “conhecereis”. Ambas devem andar de mãos dadas. Portanto, o tipo de conhecimento que Deus deseja que sua igreja desenvolva é um conhecer profundamente íntimo e pessoal, apaixonante e transformador. O conhecimento (eido) que alcançou a mente precisa se tornar conhecimento (ginosko) e alcançar o coração, isto é, se o conhecimento não gera uma experiência profunda e íntima, se ela não é sentida, então não haverá uma mudança de verdade. Como isso ocorre?
I.Se deleite na Palavra. Se deleitar é o mesmo que se deliciar. O salmista se deleita: I) Se alegrando (v.14); II) Tendo nela prazer (v.24); III) Se compraz, isto é, sorri (v.70); IV) Saboreando (v.103). O Salmo 1:3 o salmista tem prazer na Lei do Senhor meditando nela dia e noite. Esse é o primeiro grande passo para que haja um conhecimento experiencial e transformador. Tenha prazer na Palavra de Deus.
II.Deseje a Palavra. Pelo menos 14 vezes o salmista diz ter o desejo de conhecer e compreender a Palavra de Deus (v. 18, 19, 27, 29, 33, 34, 35, 64, 66, 73, 124, 125, 135, 169). Você deseja do fundo do seu coração conhecer a Deus e experimentar a sua vontade? Você quer uma direção para seu casamento, para seus filhos, para as suas finanças, para seu ministério? Você quer uma resposta concreta para o momento que está vivendo? Deus quer leva-lo a uma profunda experiência ao desejar ouvir Sua voz por meio da Palavra. Por isso, o estudo que busca um conhecimento transformador é fruto de um profundo desejo por Deus por meio da Palavra. Estudar a Bíblia é muito mais do que adquirir informação, é transformação de vida!
III.Dependa da Palavra. Atualmente muita gente tem amordaçado a Palavra de Deus em suas vidas com os seguintes dizeres: “Não podemos levar muito a sério certas coisas na Bíblia. É muito forte e Deus compreende que não dá para levar tão a sério certas afirmações sobre perdão, arrependimento, pecados, etc.” Outros tem amordaçado a Palavra de Deus tendo o seguinte pensamento: “Esse livro é irrelevante, difícil e tedioso.” Essas pessoas não entenderão o que é depender da Palavra, e consequentemente não terão fé suficiente para entender o que é depender de Deus. Depender da palavra de Deus é não agir sem ter a certeza de que as nossas ações e decisões são aprovadas por Ele. Você estuda para ter um conhecimento que transformará a sua vida. Alguém que depende da Palavra congrega porque ela diz: “Não deixemos de congregar”. Jesus nos ensinou: “Não só de pão viverá o homem, mas de toda a Palavra que procede da boca de Deus!” (Deuteronômio 8:3; Mateus 4:4). Ter fome da Palavra é reconhecer que a nossa vida depende Dela.

      3.Reflita em atitudes a Palavra de Deus (v.105)
Observe que se creio na Palavra, se sinto por ela afeição e a desejo com todo o meu coração, então minhas atitudes consequentemente serão transformadas. Isso é algo do coração, mais do que das atitudes. Santidade na vida é reflexo da santidade na mente e no coração. Paulo escreveu: “transformai-vos pela renovação da vossa mente para que experimenteis (vivam, ajam) a boa, perfeita e agradável vontade de Deus. Um hábito apenas muda quando estamos esclarecidos que ele é ruim ou necessário mudar. Ou seja, através do conhecimento nos convencemos e sentimos a necessidade de mudança e vivemos por ela. A Palavra crida e experimentada, sentida, iluminará os nossos passos e nos guiará no modo de viver. Quero citar dois exemplo de homens guiado, um pela palavra e outro guiado pelas circunstâncias da vida não dando o devido crédito à Palavra. São eles Saul e Davi.
a.Saul Ele é guiado por circunstâncias e não por Deus. Veja comigo I Samuel 15:1-4 e compare com I Samuel 15:9-11; 18-22; 26. Saul rejeitou a Palavra do Senhor e assim era o seu coração.
b.Davi Davi buscava a direção de Deus, a voz de Deus para tomar decisões. Veja comigo I Samuel 30:1-8. Davi depositava totalmente seu coração no Senhor.

Você quer apenas informação? Você quer apenas conhecimento para encher a mente? Ou você quer um conhecimento experiencial que transforma a sua mente e a Palavra de Deus passa a ser, de fato, sua regra de fé e prática? Estude a Palavra para ter uma vida transformada.


Rodrigo Rodrigues Lima, Pastor

Comentários

  1. Muito certo !Amei de ler ! Jesus disse quem me ama guarda a minha palavra ! Amar a Deus e por em pratica seus ensino Jesus deixou exemplo para nos sequirmos seus passos Pedro 2 verso 23 se não me engano

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Saúde Espiritual - Provérbios 4:20-27

Saúde Espiritual Provérbios 4:20-27
Para se tomar decisões saudáveis e sábias, o homem dos nossos tempos está cada vez mais desorientado, pois, desde os mais antigos sempre ouvimos: “quando se está com a cabeça quente, não se toma decisões”. Exatamente! O homem pós-moderno anda de cabeça quente com relacionamentos instáveis – apesar de tanta facilidade para busca de prazer a dois –, finanças descontroladas – apesar de ganhar muito e – saúde precária – apesar de haver medicamentos e energético para extrair além do que seu corpo já combalido oferece. Isto é, o organismo e a mente andam no limite da “felicidade” tão buscada e cara demais para ser mantida. Como saber escolher e viver uma vida saudável? Como ter saúde espiritual?
A Palavra de Deus, mais comumente no livro de Provérbios dá conselhos para quem deseja uma vida estável a partir da sabedoria, isto é, o saber viver. Ao nos atentarmos para os versos vinte a vinte e sete do capítulo quatro, ocorre um chamado a guardar a mente e a vi…

“Estou amasiado ou pretendo juntar os panos. Por que me casar no papel?”

Um fenômeno na sociedade pós-moderna ocorre sem precedentes. Os casais não se casam mais.
Bem, levando em conta que hoje tudo é tão relativo e descartável, é bastante apreciável juntar os panos sem um compromisso muito sério, afinal de contas, para que gastar dinheiro com algo que não sabemos se vai dar certo? Sem contar que, se realmente não der certo, a dor de cabeça de um divórcio é muito grande. Olhando por esse ângulo, é preferível mesmo “juntar os panos”.
Mas, e à luz da Bíblia? O que Deus tem a nos dizer sobre isto?
Biblicamente, o divórcio é incitar o ódio de Deus sobre essa prática. “Eu odeio o divórcio, diz o Senhor” (Malaquias 2:16). Assim sendo, unir-se (tornar-se uma só carne) com a idéia de um possível divórcio é um tremendo auto-engano e falta de compreensão da vontade de Deus.
Mas, preciso me casar no papel realmente?
Levando em consideração que a Bíblia diz: “Sejais submisso a toda autoridade constituída por Deus” (Romanos 13:1), e que no caso da autoridade estar submissa …

O Derramamento do Espírito - Isaías 44:3-5

Tema: O Derramamento do Espírito Santo Isaías 44:3-5
Amadas irmãs e amados irmãos, graça e paz em Cristo Jesus
Quero compartilhar com vocês neste domingo sobre um assunto que fervilha em meu coração – o derramamento do Espírito Santo. Este sermão nasceu de uma leitura do livro Derramamento do Espírito do Reverendo Hernandes Dias Lopes, de onde extraio grande parte das citações nesta mensagem. Uma das características de um pregador íntegro é citar as fontes daquilo que prega. Obviamente que dou minha identidade ao conteúdo.   A passagem que lemos diz que Deus derramará água sobre o sedento e torrentes sobre a terra seca. Derramamento do Espírito Santo é falar de avivamento espiritual e avivamento começa exatamente quando a igreja sente que está vazia, seca e árida. Então, como solo seco e sedento, ela clama pelas chuvas torrenciais do Espírito Santo. Deus não derrama seu Espírito sobre uma igreja auto-suficiente e arrogante e cheia de soberba. Precisamos admitir irmãs e irmãos que o maior …